home

Diário de Bordo

Lápis Raro
Lápis Raro
Ver todas

We love Google, don't we?

Categorias:

Compartilhe:

Você também é uma daquelas pessoas que amam o Google incondicionalmente e não consegue se imaginar vivendo sem ele? Cuidado, mais cedo ou mais tarde vocês vão acabar discutindo a relação.

Desde que aqueles dois nerds estudantes de Stanford se juntaram em um fundo de garagem para colocar em prática o experimento de um mecanismo de busca, o mundo nunca mais foi o mesmo.

A verdade é que talvez ninguém apostaria um centavo que aquela experiência viria a se tornar o que é hoje: o site mais popular da World Wide Web e uma das marcas e empresas mais valiosas do planeta.

Hoje, o Google cresceu tanto que não é apenas um site de busca da internet. Ele tem mais de 150 domínios, dezenas de sites, browser, aplicativos para desktop, o site de vídeo mais popular da internet (youtube), parcerias com conglomerados multimídias e empresas multinacionais de telecomunicações, um satélite espião, uma infra-estrutura misteriosa de telecomunicação e por aí vai. Ah, agora tem celular também!

Eu poderia ficar horas citando coisas aqui, mas só para se ter uma noção, ele é tão popular que já se tornou uma expressão internacional: “- Eu já Googuei. I Googled it. 구글했다. Je l’ai googlelé. Jeg googlede det. ググった。 Ich hab’s gegoogled. मॅँ googled है. Yo googleo.”

Muita gente ama o Google de paixão, e apesar de não ser uma empresa que tem produtos palpáveis como a Apple, ele também produz os chamados “Fansumidores”.

Só que nem tudo são flores. Principalmente para o pessoal do F.A.T. (Free Art Technology) http://fffff.at/ . Eles se auto-denominam como “uma organização dedicada a enriquecer o domínio público através de pesquisas e do desenvolvimento de mídias e tecnologias criativas.”

Na verdade eles são um grupo de ativisas que envolvem artistas, engenheiros, hackers e etc, que lutam por objetivos em comum.

Entre as muitas atividades que eles promovem está a semana do Fuck Google, que neste ano aconteceu no evento Transmediale 10 em Berlim.

Eles questionam a onipotência do todo poderoso Google e o que raios ele está fazendo com o imenso banco de dados que ele possui sobre todos nós.

Ou vai dizer que você não tem nenhuma conta Google?

Para mim, uma das atividades mais legais que eles produziram na Fuck Google Week foi o carro do Google Street View Fake:

F.A.T. Lab: Fuck Google Week Wrap Up from Evan Roth on Vimeo.

Google Street View Car

Google Street View Car

Se você quiser criar o seu Google Street View Fake, aqui vão as dicas:

Para ver as demais ações da Fuck Google Week acesse aqui .

E se quiser saber mais, procura no Google!  =P

Comente aqui

» Comentar

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.

Comentários:
3
  • Eles não vão dominar o mundo! Já o fazem. Apenas não colocaram seu poderio todo em prática.

  • Pedro Alberto disse:

    Na verdade Tatiane, eles não estão querendo destruir o Google. O que eles querem mesmo é alertar sobre a onipotência, onipresença e, graças aos seus bancos de dados, onisciência do mesmo.
    É mais ou menos o que mostra esse vídeo aqui: http://www.youtube.com/watch?v=R7yfV6RzE30&feature=player_embedded
    Veja o que o pessoal da F.A.T. dizem. “[…]Don’t get us wrong, we use Google too. We use search, blog search, gmail, YouTube, calendar, docs, analytics, maps, etc. We use them like we do the sidewalk or a public toilets when we have to take a piss: because it feels like there just isn’t any other option. Sure, there are alternatives to Google. But, they mostly suck. And to not use Google means to lose access to an enormous network and some of the most reliable tools on the Internet.[…]”

  • Tatiane disse:

    O Google possui vários aplicativos para auxiliar na busca por dados na web, como também para auxiliar empresas a monitorar sua audiência, dentre outros dados. Nos dias atuais é praticamente impossível deixar de acessar o Google. A cada dia eles desenvolvem novas ferramentas e consequentemente atraem mais “seguidores”. Acho muito difícil esse movimento contra dar certo. O google já conquistou um mercado muito amplo.

R. Antônio de Albuquerque, 156 — 12º andar — Funcionários
Belo Horizonte MG — Brasil — CEP: 30112-010
Fone: +55 31 3211-5100 — Fax: +55 31 3211-5172
e-mail: contato@lapisraro.com.br