home

Diário de Bordo

Lápis Raro
Lápis Raro
Ver todas

Mudando de assunto

Categorias:

Compartilhe:

Verão no Brasil, sol rachando no melão e, como eu não estou na Bahia, fico pensando na beleza de inverno que deve estar na Europa. Eu nunca vou me esquecer da primeira vez que vi um floco de neve cair na minha pele. Era uma estrela, eu não tinha certeza, parecia mágica, em menos de 2 segundos derreteu. Depois caiu outro, no casaco de frio, e eu pude olhar mais e melhor e, era isso mesmo: neve cai estrelinha do céu. Como a gente consegue se comportar tão naturalmente diante de uma coisa dessas? Eu entrei correndo em casa  gritando e achando aquilo a coisa mais encantada que poderia existir. Acho que ainda acho. Hoje tava lendo as notícias no Uol e vi que um professor do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech) recolhe e fotografa flocos de neve há 11 anos. Tem gente que escolhe umas coisas legais para fazer da vida. O projeto virou livro e está a venda nos States, ou pela Amazon. Por enquanto, eu vou continuar no Brasil. Fervendo e pensando, diariamente, como é que funciona essa fábrica de neve no céu.

Comente aqui

» Comentar

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.

Comentários:
6
  • Lorrie disse:

    Regina disse:Fá, é disso que eu tenho medo: não ter mais a minha vida, como eu tenho hoje, após ter um baby… Acho que é por isso que muitos optam por não ter filhos. Tudo bem que ser mãe deve ser uma exiiprêncea incrível, etc e tal, mas deve ser um impacto e tanto! ÓOOO dúvida cruel: ter ou não ter filhos?Super beijo e ótima semana!

  • Reinaldo Cortez disse:

    E a beleza diária da natureza?!…Como a gente consegue se comportar tão naturalmente diante de uma coisa dessas?

  • *LIS disse:

    A neve realmente e magica! Natal com neve entao… e um verdadeiro conto de fadas…

    Adoro como os flocos realmente te aquele formatinho complexo, e quando cai em um casaco escuro voce consegue memso ver. Adoro como ela tambem ameniza o frio cortante quando cai.

    So nao gosto, porem, das tempestades de neve que causa, onde nao ha corrente no carro que aguente! =/

  • steffania disse:

    muito bonito. queria ver pelo menos o livro, já que a neve…

  • Regina Valadares disse:

    E pensar que eu sempre achei que estas “estrelinhas” eram simbólicas…
    Até, um belo dia, estar assistindo “Charlie e Lola” com minha filha e me deparar com a grande explicação: Sim, a neve tem este formato…
    Não supero o trauma.

  • mariguedes disse:

    Eu queria definir este calor e não consegui.
    Adorei o “sol rachando no melão”.

R. Antônio de Albuquerque, 156 — 12º andar — Funcionários
Belo Horizonte MG — Brasil — CEP: 30112-010
Fone: +55 31 3211-5100 — Fax: +55 31 3211-5172
e-mail: contato@lapisraro.com.br