home

Diário de Bordo

Lápis Raro
Lápis Raro
Ver todas

Amadores de plantão.

Categorias:

Compartilhe:

O amor verdadeiro começa lá onde não se espera mais nada em troca.

O amor revela as qualidades sublimes e ocultas do que ama,
– o que nele há de raro, de excepcional: nesse aspecto
facilmente engana quanto ao que nele há de habitual.

Se você sabe explicar o que sente, não ama, pois o amor
foge de todas as explicações possíveis.

As mais lindas palavras de amor são ditas no silêncio de um olhar.

Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão
amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero
dizer-te é que te amo?

O amor é o estado no qual os homens têm mais probabilidades de ver as
coisas tal como elas não são.

E desde então, sou porque tu és,
e desde então és,
sou e somos,
e por amor
serei, serás, seremos.

E que a minha loucura seja perdoada.
Porque metade de mim é amor e a outra metade… também.

Este texto reúne pensamentos das seguintes pessoas, em ordem de aparição:
1º, Antoine de Saint-Exupèry
2º, F. Nietzsche
3º, Carlos Drummond de Andrade
4º, Leonardo da Vinci
5º, Fernando Pessoa
6º, F. Nietzsche de novo
7º, Pablo Neruda
8º, Ferreira Gullar

Se você também acredita no amor, não deixe este post acabar.

Comente aqui

» Comentar

Comentários:
736

R. Antônio de Albuquerque, 156 — 12º andar — Funcionários
Belo Horizonte MG — Brasil — CEP: 30112-010
Fone: +55 31 3211-5100 — Fax: +55 31 3211-5172
e-mail: contato@lapisraro.com.br